A questão que fica é: o delegado riu ou segurou a risada ao registrar o caso de Maria do Rosário?

0
2988

Como vimos ontem e hoje, em vários posts por aqui, a deputada petista Maria do Rosário foi abordada por 3 bandidos, que levaram seu carro Citroen C3 enquanto ela saía de sua residência num bairro chique de Porto Alegre, a Chácara das Pedras, na zona norte da cidade.

Em vez de chamar o Batman, ela fez um comunicado à Brigada Militar. Ela não sofreu ferimentos. Nesta quinta (28) a polícia – e não o Batman, vale lembrar – encontrou o carro.

Nas redes sociais, já se viu o comentário de gente questionando sobre a atitude do delegado no momento de registrar a ocorrência. Será que ele riu? Ou segurou a risada?

O fato é que a ironia é inescapável. Está inserida no próprio fato, uma vez que a deputada é conhecida pela defesa da agenda da extrema esquerda, que foca em citar os bandidos como “vítimas da sociedade” e os policiais como “símbolos da opressão”.

Torcemos para que delegado tenha segurado a risada. Até para evitar encheção de saco.