AMB sentiu o peso da vergonha e vai ficar de fora da greve de juízes por auxílio-moradia

0
566

A Associação dos Magistrados Brasileiros parece ter sentido um pouco de vergonha na cara e decidiu não participar da greve contra o fim do auxilio-moradia, em 15 de março, que foi programada como forma de protesto contra a discussão sobre o auxílio-moradia dos juízes.

Em nota, a AMB afirmou que “defende e continuará a defender a melhoria na remuneração da magistratura brasileira, mas o fará sem comprometer os valores mais caros para o Judiciário e para a República”.

Parece até piada de mau gosto, já que os juízes brasileiros são muito bem remunerados, além de terem diversas regalias. Não tem nem um ano que um juiz do Mato Grosso faturou quase meio milhão de reais em apenas um mês, tudo isso só por causa de “indenizações” e outras verbas.

Os próprios magistrados sabem que é errado, como se pode ver na entrevista abaixo: