Argentina dá aula ao Brasil e aprova reforma que reduz carga tributária

0
537

O Congresso da Argentina aprovou uma proposta de lei para diminuir impostos ineficientes que prejudicaram o crescimento da segunda maior economia da América do Sul por décadas. As informações são do UOL, que repercute o Blooomberg.

O Senado passou a reforma do sistema de tributos por 52 votos a 15, com uma abstenção. A Câmara de Deputados já havia aprovado a medida. O Senado também passou, com 54 votos a favor e 14 votos contrários, o Orçamento de 2018. Foi a última sessão parlamentar antes do recesso de verão.

Agora o governo deve atrair investidores estrangeiros, que estavam fugindo de um país soterrado por impostos.

Em conjunto com o acordo com as províncias para diminuir impostos sobre valor agregado aplicados em nível regional, a reforma deve reduzir a carga tributária em 4% do PIB nos próximos cinco anos, de acordo com Cesar Litvin, presidente da consultoria tributária Lisicki, Litvin & Asociados, de Buenos Aires.

Ele diz: “Isso não resolve tudo, mas é uma melhora substancial. É a melhor reforma tributária dos últimos 30 anos”.

A medida reduz gradualmente a alíquota de imposto para pessoa jurídica de 35% para 25% em cinco anos.

Enquanto isso, no Brasil, o governo luta para aprovar uma minguada reforma da previdência.