Ator Alec Baldwin diz que “é hora de repensar a segunda emenda” mas a elite artística tem seguranças armados

0
217

O ator americano Alec Baldwin, consagrado no cinema, afirmou que “é hora de repensar a segunda emenda”, a lei americana que garante a qualquer cidadão, como uma cláusula pétrea da Constituição Federal, o direito ao porte de armas.

Naturalmente ele foi apoiado por outros atores, diretores e produtores conhecidos que, como sabemos, também defendem o desarmamento civil. Porém, é bom lembrar, estas pessoas são ricas e vivem cercadas de seguranças armados.

Baldwin faz parte de uma elite de milionários, de gente que tem dinheiro para instalar câmeras de monitoramento em suas casas, que pode contratar empresas privadas de seguranças, blindar carros e, é claro, de gente que costuma andar rodeada de seguranças sempre que vai a qualquer local público. Isso difere muito da realidade de um cidadão médio, que ainda que seja americano não é necessariamente alguém com tanto dinheiro a ponto de poder pagar por tudo isso.

É o mesmo caso do Brasil, apesar das diferenças históricas e culturais.