Brasil247 abre alçapão no fundo do poço ao reclamar da agilidade do voto do relator Gebran, do TRF-4

0
1294

Quão baixo alguém pode se rebaixar ao escrever um conteúdo jornalístico? Há alguma forma de limite para a humilhação? O que se nota é que o Brasil247 não conhece esse tipo de limite.

Em um texto na manhã desta segunda (4), o Brasil247 mostrou incômodo com a decisão ágil do desembargador João Pedro Gebran Neto, relator responsável pela Operação Lava Jato na 8ª Turma do TRF4 (de Porto Alegre).

Gebran concluiu em tempo recorde seu voto sobre o recurso de Lula na condenação a 9 anos e meio de prisão no caso do triplex do Guarujá.

O site lembra que o voto de Gebran foi fechado exatamente 100 dias após a apelação chegar ao seu gabinete, na tarde de sexta (1). Apenas três apelações ficaram menos tempo com o relator para preparação do voto.

O que incomoda o Brasil247 é basicamente a agilidade na tramitação. Ou seja, eles querem que um servidor público não seja ágil para trabalhar em casos envolvendo Lula.

Vergonhoso é pouco para descrever.