Escola Sem Partido poderá ser votado amanhã em SP; veja quem são os coautores do projeto

0
150
Brasília - O coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL), Fernando Holiday, protocola no Senado pedido de impeachment do presidente do STF, Ricardo Lewandowisk (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O projeto que institui o programa Escola Sem Partido – que consiste em anexar em sala de aula uma folha que informa os deveres dos professores – deve ser votado nesta quarta-feira, 06, na cidade de São Paulo.

Dos 55 vereadores, 15 são coautores do projeto até o momento.

São eles: Fernando Holiday, Eduardo Tuma, Camilo Cristófaro, George Hato, Isac Felix, João Jorge, Toninho Paiva, André Santos, Atílio Francisco, Sandra Tadeu, Souza Santos, Rute Costa, Gilberto Nascimento Jr., Ricardo Nunes e Rinaldi Digilio.

Em breve mais informações.