Esquerdista diz que eleição de Pinera no Chile foi “golpe” e apanha dos leitores

0
1286
Créditos para a foto: REUTERS/Ivan Alvarado

O candidato de centro-direita Sebastian Piñera venceu as eleições co Chile com larga vantagem: 54,58% dos votos contra 45,52 de seu rival esquerdista, Alejandro Guillier.

Embora ficando entre um perfil de esquerda tradicional e extrema esquerda, Guillier era o favorito da bolivariana Michele Bachelet, que teve suas intenções totalitárias contidas após uma série de escândalos de corrupção.

O que importa é que o bolivarianismo perdeu mais uma. É uma derrota do Foro de São Paulo.

Enquanto isso, a choradeira da extrema esquerda pela Internet está divertida. O drama não para.

Temos até o caso da figura abaixo, Iuri K. (que se diz cinéfilo), que em seu Twitter disse que a derrota do candidato de Bachelet é um “golpe”.

Sim, é isso mesmo que você leu.

Como sempre, a extrema esquerda diz que qualquer coisa que os desagrade é um golpe.

Foi assim com o processo legal de impeachment que derrubou Dilma – tal como derrubou Collor, o que eles não classificaram de “golpe”.

Patético é pouco para descrever.

O público não perdoou, evidentemente.

Assista o show de lapadas: