Feministas abandonam campeã de xadrez que vai perder dois títulos mundiais por não ir à Arábia Saudita

0
11866

A campeã mundial de xadrez, Anna Muzychuk, se recusou a participar no campeonato mundial deste ano, entre 26 e 30 de dezembro, na Arábia Saudita. Anna Muzychuk não vai defender o título de campeã do mundo por questões culturais. Em causa está concretamente a obrigatoriedade de as jogadoras andarem acompanhadas na rua e usarem um traje previamente definido pela organização, como calças escuras e camisas com golas altas. As informações são da TVi24.

Num texto publicado no dia 23 no Facebook, Anna Muzychuk justificou a sua decisão, explicando que não vai abdicar dos seus princípios nem ser tratada como uma “pessoa de segunda”.

Agora vem a sacanagem: com a desistência, a jogadora ucraniana vai perder os dois títulos mundiais que conquistou há um ano: o World Rapid and Blitz Championships 2017 e o Women’s World Rapid and Blitz Championships 2017.

No Facebook, explicou: “Em alguns dias vou perder dois títulos de campeão mundial – um por um. Só porque decidi não ir à Arábia Saudita. Não para brincar com as regras de alguém, não para usar abaya, não para ser acompanhada ao sair, e não para me sentir uma criatura secundária. Há exatamente um ano ganhei estes dois títulos e era a pessoa mais feliz do mundo do xadrez, mas desta vez me sinto muito mal. Estou pronta para defender meus princípios e sair do evento, onde em cinco dias eu esperava ganhar mais do que eu em uma dúzia partidas. Tudo isso é irritante, mas o mais perturbador é que quase ninguém se importa. É um sentimento muito amargo, mas não é o único a mudar a minha opinião e os meus princípios. O mesmo se passa com a minha irmã Mariya – e estou muito feliz por partilhar este ponto de vista. E sim, para aqueles que se importam, nós voltamos!”

Por que as feministas não estão se manifestando por Anna Muzychuk?