Jandira vai ganhar R$ 10 mil por ter sido chamada de “burra” e “feia”

0
2358

De acordo com a coluna de Lauro Jardim, a deputada comunista Jandira Feghali (PCdoB-RJ) ganhou uma ação na Justiça por danos morais contra o jornalista Luiz Carlos Prates, que apresenta um programa numa afiliada do SBT em Santa Catarina.

A matéria lembra que “eEm 2014, ao vivo, Prates chamou Jandira de ‘deputada de merda’, ‘feia’ e ‘burra'”.

Quem deu a decisão foi a desembargadora Sandra Neves, do TJ-DFT, em setembro, que “condenou o jornalista a pagar R$ 10 mil de indenização”.

O prazo para contestar a decisão acabou nesta semana, mas o jornalista não recorreu.

Tecnicamente, estamos diante de uma grande piada, uma vez que todos os adjetivos emitidos por Prates configuram apenas opinião.

Prates errou ao não recorrer, abrindo precedente para que as críticas pejorativas com base na opinião possam ser inviabilizar.

Quem sabe surja a campanha: “ei, me xinga também de burro e feio, pois quero R$ 10 mil”.