Jeronimo Goergen faz o que precisava ser feito: apresenta projeto para classificar MST e MTST como grupos terroristas

0
1049

De acordo com o Congresso em Foco, o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) apresentou um projeto que visa classificar o Movimento dos Sem Terra (MST) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) como grupos terroristas. O projeto, apresentado no início de fevereiro e entregue ao plenário da Câmara ontem (quarta, 21), altera o artigo 2º da Lei 13.260/16, conhecida como Lei Antiterrorismo (leia a íntegra do dispositivo abaixo). A lei foi sancionada em março de 2016, a poucos meses da realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

Já não era sem tempo. O MST é um grupo extremamente violento conhecido por tocar o terror na zona rural. Invadir fazendas, destruir plantações e matar o gado são algumas de suas principais atividades. Além disso, o grupo também já atacou violentamente fazendeiros que ousaram resistir.

O MTST, por sua vez, liderado pelo canalha Guilherme Boulos, faz o mesmo nas áreas urbanas. Invadem prédios, armam piquetes, fecham estradas e eventualmente até ateiam fogo em carros civis durante protestos, como ocorreu na época do impeachment de Dilma.

Se isso não for uma forma de terrorismo, então nada mais pode ser.