Jornal de extrema esquerda publica falsa acusação de notícia falsa sobre morte de Marielle e consegue afundar ainda mais no esgoto

0
5473

Que a extrema esquerda foi ao fundo do poço moral na politização a morte de Marielle Franco quanto a isso não há mais dúvida alguma.

Mas sempre é possível para essa gente abrir um alçapão no fundo do poço.

E foi isso que fez a jornalista Heloísa Mendonça em um texto ao jornal de extrema esquerda El País, intitulado “MBL e deputado propagam mentiras em campanha difamatória contra Marielle Franco”.

O texto de Heloísa Mendonça é recheado de mentiras do início ao fim, sendo possível comprovar indubitavelmente todas elas.

Segundo Heloísa, “alguns atores da direita radical, incluindo o MBL (Movimento Brasil Livre) e o deputado da bancada da bala Alberto Fraga (DEM), passaram a protagonizar uma ativa campanha difamatória contra Marielle Franco”.

Ao citar o MBL, ela aponta o texto feito por este site: “Desembargadora quebra narrativa do PSOL e diz que Marielle se envolvia com bandidos e é ‘cadáver comum'”.

Veja a imagem do texto de Heloísa ao El País, antes que deletem:

Heloísa afirma: “O que foi ativado foi uma fábrica de informações falsas e boatos que aludem, sem qualquer base factual, ao envolvimento da vereadora com “bandidos”.

A mentira de Heloísa segue quando ela afirma que “um dos focos para a propagação das notícias falsas foi a desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), Marília Castro Neves, uma das pessoas a disseminar uma acusação sem provas sobre vereadora”.

Marília Castro disse que Marielle Franco “estava engajada com bandidos” e “não era apenas uma lutadora”. Ela também disse que “Marielle descumpriu ‘compromissos’ assumidos com seus apoiadores”, que, segundo a desembargadora, seriam do Comando Vermelho.

Observem bem o que Heloísa escreveu, pois ela refuta a si própria, ao reconhecer que Marília Castro disse todas essas palavras. Vale lembrar que Marília Castro foi pressionada e deletou horas depois o seu post.

Eis que Heloísa lança o truque de falsa acusação de notícia falsa neste trecho: “Num mecanismo típico de como funcionam as engrenagens das fake news, o MBL usou a declaração assumidamente sem embasamento da desembargadora em uma postagem em seu site. O grupo publicou na página do Facebook uma matéria titulada: ‘Desembargadora quebra narrativa do PSOL e diz que Marielle se envolvia com bandidos e é ‘cadáver comum’ ‘. Na chamada o MBL ressaltou: “Isso é complicado. Bem complicado… “. Até as 17h deste sábado (17), o post do movimento já tinha mais de 38 mil curtidas e 28 mil compartilhamentos”.

Epa, epa…

Heloísa disse que havia mentiras no post deste site e não conseguiu apontar nenhuma.

O post simplesmente lembra que a desembargadora apresentou uma narrativa que entra em conflito com a narrativa do PSOL – que também apelou a mentiras, como acusar a PM de ter matado Marielle, sem provas.

Em nenhum momento, o post disse que a “desembargadora provou suas afirmações”. Somente se tivéssemos escrito tal coisa, Heloísa teria um caso. Mas como não fizemos (nos limitando a informar que Marília fez declarações), Heloísa teve que fingir que dissemos o que não dissemos.

O problema é que para fazer isso Heloísa teve que mentir e refutar a si própria.

Para início de conversa, o próprio texto de Heloísa reconhece que Marília fez uma determinada declaração. Então, quando um outro site diz que Marília fez essa declaração, estamos falando a verdade. A não ser que Heloísa tivesse provado que a desembargadora nunca fez a declaração que dissemos que ela fez.

Ou seja, Heloísa chamou de notícia falsa o que era um fato comprovado – o de que a desembargadora Marília fez afirmações que confrontam a narrativa do PSOL – e teve que publicar uma notícia falsa para avançar sua agenda. É um nível baixo demais, até mesmo para os jornalistas da extrema esquerda.

Detalhe: a jornalista Mônica Bergamo, da Folha, foi quem inicialmente repercutiu a nota da desembargadora. Por que Heloísa não atacou Mônica? Detalhes…

Seja lá como for, Lula faz afirmações absurdas todos os dias sobre a Lava Jato. Achamos que todas as afirmações de Lula são falsas. Mas sempre vamos postar aqui, com provas, as declarações de Lula.

Exibir as declarações de alguém não é o mesmo que dizer que elas são verdade. Em muitos casos, não são e o próprio declarante é quem se complica.

Seja lá como for, nunca dissemos que Marília tinha falado a verdade quando fez suas declarações. Mas certamente Heloísa mentiu até mais do que Marília.

A notícia publicada por este blog foi verdadeira e Heloísa terá que mentir até o fim de seus dias se quiser lutar contra os fatos.