Luislinda fez bem ao desistir da viagem de presente após ter sido “libertada”

0
150

A agora ex-ministra Luislinda Valois, que recentemente foi libertada do trabalho escravo no ministério dos Direitos Humanos, tinha uma viagem marcada para Genebra neste sábado, 24. Segundo Valdo Cruz, do G1, ela disse que desistirá da viagem em razão da repercussão negativa.

De fato, ia pegar muito mal fazer uma viagem oficial após ter sido demitida, mas o governo quer que ela formalize a desistência. De qualquer forma pode-se ver o quão difícil era a vida dessa ministra, que foi uma “escrava” no ministério esse tempo todo.