Lula diz não acreditar que as acusações contra Cabral são verídicas

0
301
Brasília - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assiste a presidenta afastada, Dilma Rousseff, fazer sua defesa durante sessão de julgamento do impeachment no Senado ( Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-presidente Lula disse nesta quinta-feira, 7, durante um comício em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, que desconfia da veracidade das acusações de corrupção  que envolvem o ex governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral, seu antigo aliado.

Cabral está preso há um ano pela Lava Jato e pode ser condenado a 300 anos de detenção.

“Eu estou muito triste com o que está acontecendo com o Rio. O Rio não merece a crise que está passando. Não merece ter governadores presos porque roubaram. Eu nem sei se isso é verdade, porque não acredito em tudo o que a imprensa fala. É importante investigar, saber a verdade. Quem roubou tem que estar preso”, declarou.

Quem roubou tem mesmo que estar preso, a começar pelo próprio Lula.

As informações são do Estadão.