Nova narrativa sobre gordofobia pode inviabilizar atividade médica e condenar muita gente à morte

0
1799

O youtuber Bernardo Boechat está escalando nas novas narrativas sobre gordofobia.

Ele defende a tese de que “ser gordo não é doença”. A narrativa ainda não foi aceita pela comunidade médica. Se isso acontecer, os próprios médicos poderiam ser processados ao indicar um gordo como doente. A cirurgia bariátrica talvez pudesse ser até proibida.

Exagero?

Pois basta observar o que ele diz abaixo:

Ele é taxativo.

Uma vez que um gordo procure um médico e retorne com uma receita de dieta – ou, pior, de bariátrica – estaria ocorrendo uma instância de gordofobia.

Mas se a gordofobia for transformada em crime, os médicos já não poderiam recomendar dietas e nem bariátricas.

Ou seja, a nova moda da geração do lacre pode eliminar o tratamento médico para uma parcela significativa da população.

Para que isso não aconteça, a narrativa de que “obesidade não é doença” teria que ser vencida.

Por enquanto, não se sabe se os lacradores vão investir muito na tentativa de “proibir a gordofobia” e dizer que “definir obesidade como doença é gordofobia”.

A ver.