Pedido do PSOL por seguranças armados é um tapa na cara do povo brasileiro

0
287

O pedido do PSOL, que continua usando a morte de Marielle Franco para obter vantagens, sobre escolta e segurança privada para seus parlamentares, é um tapa na cara da população.

O tapa vem no sentido de que os parlamentares querem que o povo, o mesmo povo que vive em condições sub-humanas no que tange à segurança pública, pague pelos seus privilégios. A ideia é usar a morte da vereadora como justificativa para a proposta, que foi encaminhada para a SSP do Rio.

Verdade seja dita, dizer que há contradições aqui seria muita inocência. Na realidade, não há contradição porque é exatamente disso que se trata o socialismo. Monopólio da força nas mãos do Estado e privilégio para uns, enquanto os outros sofrem no mais puro caos.