Rui Falcão gera bug de narrativa ao dizer que PT tem que trabalhar com a “hipótese de Lula não ser eleito”

0
456

Ex-presidente nacional do PT, Rui Falcão disse que o partido precisa considerar a possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não ser eleito para voltar ao Planalto na votação de outubro. As informações são da Folha.

Neste sábado (13), Falcão participou de um comitê pró-Lula.

A matéria lembra: “Caso a sentença do juiz federal Sergio Moro seja confirmada, Lula cai na lei da Ficha Limpa e pode ficar impedido de disputar a eleição presidencial, marcada para 7 de outubro”.

Rui Falcão diz: “Temos que trabalhar com a hipótese de que isso pode não ocorrer. Não pelas nossas vontades, não pela disposição do povo, mas pela continuidade do golpe”.

Bem, antes de tudo, golpe é a mãe! Como petistas são inimigos da democracia, ignoram processos legais, como o impeachment. Desde que seja contra seu partido é claro. Um impeachment contra um opositor “não é golpe”. Sempre temos o duplo padrão.

Mas o mais importante na declaração de Falcão é a perda de confiança na eleição de Lula.

Antes os petistas diziam que mesmo que ele fosse condenado, recursos permitiriam que ele concorresse (e vencesse).

Claro que isso sempre é uma confiança fingida, como forma de dar ânimo à militância.

Ao que parece, nem essa confiança fingida Rui Falcão está sendo capaz de encenar.