Secretário fala o que precisa ser dito e se recusa a assinar documento: “Marisa não merece a homenagem”

0
13055

De acordo com a Coluna do Estadão, o secretário interino de governo da Prefeitura de São Paulo, Milton Flávio, se recusou a assinar o documento que formalizou o nome de Marisa Letícia da Silva a um viaduto da cidade, conforme projeto de lei capitaneado por petistas.

Milton diz: “Se não tivesse falecido, ela estaria condenada junto com o Lula. Ela não merece a homenagem”.

O prefeito em exercício, Milton Leite (DEM), só conseguiu sancionar o projeto em razão de João Doria estar de férias.

O sanção do projeto implode de uma vez por todas a imagem de “anti-Lula” que Doria andou tentando trabalhar por tantos meses. Agora é praticamente impossível que ele recupere essa imagem.