Sem saída, Joesley apela ao dramalhão em depoimento à PF: “Dou tiro na cabeça”

0
236

Um dos maiores picaretas da história recente do país, que perde em tramoias apenas para gente do naipe de Lula, Dilma e outras figuras relacionadas, tentou fazer um draminha em seu depoimentos à Polícia Federal.

Questionado, por exemplo, se Marcelo Miller ajudou em sua delação, Joesley Batista disse: “Se provar isso, dou um tiro na cabeça”.

A má notícia é que isso já está provado na própria conversa entre Joesley e Ricardo Saud, aquela em que confessam que havia tramoias entre eles e o braço direito do antigo PGR, Rodrigo Janot.