Suzanne von Richtofen e Anna Carolina Jatobá retornam da “saidinha” após comemoração que suas vítimas jamais terão de novo

0
202

Suzanne von Richtofen foi condenada por participar do assassinato de seus pais. Anna Carolina Jatobá foi condenada por participar do assassinato de sua enteada, Isabella Nardoni.

Ambas foram condenadas à prisão. Mesmo assim (tendo praticado crimes violentíssimos), foram beneficiadas pela “saidinha” de Fim de Ano.

Cínicos dizem que isso seria um “ato humanitário”. Porém, tais atos humanitários não deveriam ser dedicados, por exemplo, a pessoas que furtaram pães (sem praticar qualquer violência)?

Seja lá como for, a legislação brasileira entende que mesmo aqueles que estariam condenados à prisão perpétua em países com legislações mais sérias podem receber “saidinhas”.

Neste dia (3), Suzane von Richthofen e Anna Carolina Jatobá voltaram à prisão em Tremembé (SP).

Ambas estão hoje no regime semiaberto. Ficaram 13 dias em liberdade.

Agora elas também poderão receber a “saidinha” na Páscoa, no Dia das Mães, no Dia dos Pais e no Dia das Crianças.

O detalhe é que suas vítimas jamais poderão comemorar essas datas.

Isso é certamente o oposto de justiça.