Thompson Flores vai detalhar à Carmen e Dodge as ameaças ao TRF-4 e isso pode complicar os petistas

0
917

Como vimos há pouco, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, vai discutir com a Polícia Federal a segurança em torno do julgamento do ex-presidente Lula, marcado para o dia 24. As informações são d’O Globo.

Nesta segunda (15), ela se encontrará com o presidente Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador Carlos Thompson Flores, para tratar do mesmo assunto.
Carmen disse que leu nos jornais as notícias dando conta de que o tribunal tomou conhecimento de ameaças a juízes.

A presidente do STF e o diretor-geral da PF, Fernando Segovia, devem trocar ideias nesta semana sobre a segurança do julgamento e também sobre a segurança dos juízes.

Uma vez que a PF é subordinada ao Ministério da Justiça, a ministra vai conversar com as autoridades responsáveis sobre a segurança da sessão.

O detalhe, como lembra o Antagonista, é que “o presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores, não vai se reunir apenas com Cármen Lúcia. Ele tem encontro marcado também com Raquel Dodge. A assessoria do tribunal disse que ele vai detalhar as ameaças recebidas pelos desembargadores devido ao julgamento do recurso de Lula”.

A tática daqueles que decidiram ameaçar membros do TRF-4 deve gerar problemas para o partido.

Mas é a famosa natureza do escorpião: eles não conseguem abandonar a política da intimidação, mesmo quando ela tende a ser mais um problema do que solução.