UOL abre alçapão no fundo do poço e arruma “especialista” que diz que “nem todo abusador é pedófilo”

0
1943

No caderno “Estilo de Vida”, o portal UOL abriu o alçapão do fundo do poço e pulou de cabeça lá dentro ao publicar a matéria sobre uma “especialista” que afirma, sem nenhuma vergonha, que nem todo abusador infantil é um pedófilo.

“Quando se fala em abuso sexual da criança e do adolescente, mexe-se em muitos tabus: da casa como local seguro, incesto, criança como agente de desejo sexual, homossexualidade”, diz ela.

A “especialista” faz uma verdadeira salada para tentar “quebrar tabus”, para ela o tabu é chamar o abusador de pedófilo. Afinal, na visão que apresenta, uma pessoa que abusa sexualmente de uma criança não é necessariamente pedófila, embora a definição médica do termo seja justamente o fato de sentir desejo sexual por crianças em fase pré-púbere.

Certamente isso faz parte da agenda esquerdista que tenta há décadas no mundo todo tornar aceitável a pedofilia. Alguns dos maiores ícones esquerdistas como Jean Paul Sartre e Simone de Beauvoir defendiam e praticavam atos pedófilos abertamente, hoje são venerados pela extrema-esquerda mundial.

Casos como MAM ou Queermuseu são só o começo. Ainda vem muito mais por aí.